domingo, 25 de abril de 2010

Review de "Boogie Woogie" By Yayá

Mais um texto a respeito do filme de Gillian escrito sob o olhar de uma fã. É muito interessante ler o que os fãs acharam do longa e da participação dela. Há sempre uma visão passional explicita nas palavras, como não poderia deixar de ter. ;) Este texto é de nossa amiga excer Yayá. Obriga, linda pela liberação dele aqui no blog.



Náh! Farei um pequeno review à la Yayá.. rsrsrs... let´s go to the bathroom.. digo… let´s go! =P

Sim, críticas ferrenhas recaíram sobre o dito cujo, sobre os atores e tudo o mais… bem… eu NÃO odiei... no todo. Tem partes do filme que poderiam, sim, ser editadas e banidas, pois fez o mesmo parecer obsceno e erótico... quero dizer... é meu ponto de vista, tudo bem?

Não saio por aí assistindo filmes com peitos siliconados, beijos e mais beijos nonsense, pênis em bonecos e também em pessoas - acreditem... acontece no filme! Meio sutil, mas descarado! E numa cena com a Gillian, no less... rsrsrs... Enfim... nope! Então achei exagerado em algumas partes e extremamente hilário em outras. Ah! E a tal cena do banheiro é engraçada... a personagem da Gillian está bêbada, o que faz tudo ser ainda melhor. Ótima parte! O sapato é o culpado e ainda é a prova em uma cena despretensiosa que acontece depois. As caras e bocas da Jean valem as faces sem graças do restante do filme.

Entre tantos personagens, claro que a Jean de Gillian Anderson se destaca. Ela é uma mulher fútil, ao que parece, mas se mostra solitária e insegura quando decide algo e... é spoiler... não vou contar!

E essa cena no banheiro culmina em um momento tão embaraçoso, pois ela implora, ou quase isso, para o rapaz por quem está atraída, que não a deixe ou que vá viajar com ela, não lembro ao certo, e ele é nada mais que um Toy Boy, alguém que corre atrás de rabos-de-saias... mas vale a pena o esforço, pois no fim... spoiler... affff!






  As cenas com o marido Bob, no quarto deles, é ótima. Uma discussão por causa de datas e divórcio. 



 




Mas nada se compara à Gillian/Jean correndo pela casa, após o "sumiço" de algumas coisas. Correr de salto alto é a especialidade da Gillian, claro!




Tudo bem. Ela está ótima, seu plot é meio louco, se sobressai entre qualquer outro, mas se esse filme sobreviver, o que acho pouco provável, será pelas cenas quentes entre as atrizes que... bem... esqueci os nomes. Ou não. Muito cru, e olha que não sou puritana! Não gostei disso.

Me atarei, então, só ao review sobre... well... Bob e Jean... rsrsrsrs


Ah! Tem os cachorros também! Como pude esquecer?! Picasso e... o outro é do marido. Esqueci o nome! Ela leva o bichinho até em um museu!!! O.o






Não vou deixar de citar a cena do restaurante. Ela e uma amiga tramando sobre quem vai ficar com quem no divórcio... ahaha... good, good!


 


 Enfim... o filme "gira em torno" de um casal idoso, e o velho não quer de jeito nenhum vender o tal quadro "Boogie Woogie". Todos querem a obra de arte, e no fim acaba... spoiler... kkkkkk

Eu só sei que ouvi tanto "how much?" que, no fim, já estava rindo cada vez que ouvia Bob perguntar isso. Ah, tá! Ele e Jean são colecionadores/compulsivos de artes, ok?

Falei demais, expliquei de menos... afff... não odiei tanto assim... exceto TODOS os plots que poderiam ter sido editados. Ou minimizados. Acho que assustou a crítica ver os mamilos da tal advogada divorciada com requintes de masoquismo... whatever! =P

Ah, kids! Assistam e tirem suas conclusões! Conheço pessoas que amam com toda força "Straightheads" e outras que odeiam "The House of Mirth", então... gosto não se discute! That's it!

4 comentários:

Tássia disse...

Muito bom o review, adoro ver a opinião dos fãs sobre os trabalhos da Gillian e do David!:)

Lizzie Rodrigues disse...

Straightheads não é tão ruim assim, tem uma premissa legal, mas algo se perdeu no filme. kkkkkkkkk E house eu nunca vi...

Mas esse eu achei as críticas melhores do que esperava, depois daquele teaser quase pornográfico eu estava esperando o pior. Mas fiquei curiosa e que saia logo em dvd^^ Pois eu D-U-V-I-D-O que ele estreie no cinema.

Um dia a Gillian irá escolher um filme melhor.^^

ótimo post.

Anônimo disse...

Acho, que este filme não sairá em DVD, e não sei se terei coragem de assistir, prefiro preservar a imagem que tenho dela, torço muito pela Gillian e espero ve-lá em filmes melhores, muito+ melhores.

kekedascully disse...

Eu ainda não vi o filme, mesmo que o já tenha baixado. A falta da legenda desanima um pouco. Verei se durante a semana assisto.

Conocrdo com Lizzie, Straighteads não é pior dos filmes, mas poderia ter sido melhor editado, ter um final melhor escrito. A premissa boa; o executar as ideias é q deixou a desejar.

Este é blog é feito por fãs (Esfiles) de Arquivo X que, apesar da série ter se encerrado há alguns anos, ainda assistem, amam-na e seguem a carreira de seus principais atores. Aqui você, visitante, encontrará noticias de nossas atividades, encontros e também notícias relacionadas à série e seus atores.